Informativo Vida Saudável

Um sorriso bonito de ser ver

176 de 180

O clareamento dental é um procedimento feito pelo cirurgião-dentista que visa melhorar a aparência dos dentes, proporcionando dentes mais brancos e um sorriso mais bonito.

Pode ser realizado a partir dos 15 anos: momento em que todos os dentes já foram irrompidos e estão completamente formados. Recomenda-se para pacientes com dentes hígidos (sem restaurações) ou com pequenas restaurações estéticas em resina. Porém os agentes clareadores não exercem nenhum efeito sobre as resinas ou porcelanas. Nestes casos, após o clareamento, o paciente deverá trocar todas as restaurações que estarão escurecidas.

Existem 3 técnicas disponíveis para o clareamento dos dentes: no consultório, através de laser ou led; em casa, pelo uso de moldeiras pré-fabricadas e gel clareador; ou a associação das duas técnicas. Esta última, apresenta melhores resultados.

É importante lembrar de algumas recomendações que o paciente deverá seguir durante o tratamento: não fumar, não tomar bebidas de coloração escura (café, chá preto, refrigerantes como coca-cola, suco de uva, vinho tinto), não fazer bochecho com soluções coloridas, e não ingerir alimentos com pigmentos coloridos como açaí, molho de tomate, beterraba etc. Sempre mantenha o dentista informado em caso de sensibilidade nos dentes ou inflamação nas gengivas.

Não é indicado que se faça o clareamento dental sem a monitoração do dentista. Os produtos adquiridos em farmácias não têm a mesma eficácia daqueles utilizados pelo profissional, além disso, podem causar efeitos desagradáveis como a sensibilidade dentinária, bem como podem não alcançar a aparência desejada pelo paciente. Converse com o seu dentista, ele poderá esclarecer todas as dúvidas e indicar o melhor tratamento.

Informações Úteis:

O tratamento é seguro e de fácil execução. O resultado é subjetivo, pois cada paciente responde ao tratamento de forma diferente. Não é uma certeza absoluta afirmar quantos tons o dente vai clarear. Depende da resposta biológica de cada um. Há casos, em que os dentes possuem manchas mais severas e o resultado desejado não é atingido. Nessas situações, o paciente poderá optar por realizar tratamentos que utilizam facetas, que seriam umas “capas” coladas sobre a face dentária.

O efeito do tratamento branqueador pode variar cerca de 2 ou 3 anos. Segundo a literatura, 43% dos casos ficam estáveis por mais de 5 anos. Sendo assim, em algum momento você terá que fazer uma manutenção do tratamento.

,,

Autor: Dra. Eloa Guimaraes

Menu: