Informativo Vida Saudável

Alergia alimentar atinge 1 em cada 13 crianças

165 de 181

Alergia Alimentar

Alergia alimentar afeta uma em cada 13 crianças americanas, de acordo com uma pesquisa financiada pelo grupo Food Allergy Initiative e realizada pela empresa Knowledge Networks. Amendoim e leite são as fontes mais comuns do problema. Os dados são do site da Fox News.

O levantamento envolveu 40104 menores de 18 anos e se baseou em entrevistas online com os pais, recrutados por meio de discagem telefônica aleatória. Constatou que 8% dos filhos estudados tinham alergia a algum alimento, o que se traduz em cerca de 6 milhões de crianças dos Estados Unidos, o dobro da estimativa mais recente do governo. Por volta de 40% deles têm reações graves.

Calman Prussin, um investigador do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas disse que algumas pessoas confundem intolerância com alergia. Os intolerantes à lactose, por exemplo, não podem digerir o leite corretamente, causando inchaço e problemas digestivos. Já os sinais típicos de uma verdadeira alergia incluem erupções cutâneas, chiado, aperto na garganta ou dificuldade respiratória. O estudo perguntou aos familiares sobre a presença desses sintomas.

O profissional acrescentou que os resultados não significam que a prevalência tem aumentado, mas os especialistas acreditam que as alergias em geral, incluindo as alimentares, estejam em ascensão.

,,,,

Autor: Dra. Alexandra Manfredini

Diretora Laboratório CEDLAB

Menu: